Repórters sem limites

Você já ouviu falar da instituição Reporters Without Borders? Talvez alguns jornalistas conheçam esta organização, mas passei a conhece-la, e admira-la, através da campanha ‘A Voz’ desenvolvida pela Publicis de Bruxelas.

Antes de falar da campanha, vou contar um pouco sobre Reporters Without Borders. A organização sem fins lucrativos foi criada em decorrência aos maus tratos e abusos à jornalistas que foram presos ou mortos em virtude de suas palavras e fotos, muitas vezes verdadeiras.Em busca da liberdade de imprensa desde 1985, a RWB luta para expor o trabalho das mídias e apoiar jornalistas perseguidos, dando apoio (financeiro , segurança, equipamento), especialmente aqueles que cobrem zonas de guerra.

Bom, sobre a campanha deste ano, entitulada ‘A Voz’ , a Publicis utilizou a combinação de dois canais ao mesmo tempo: mídia impressa e mobile.

Dentro de periódicos Publicis publicou anúncios com fotos de ditadores e predadores da mídia livre, como Kadafi, com um marca na suas bocas. No canto inferior direito da página, um QRcode estava presente para indicar as instruções seguintes.

Depois da leitura do código, o leitor era convidado a posicionar seu celular sobre a boca do sujeito na foto. Ao fazê-lo, a boca dum jornalista aparecia na tela do iPhone relevando o que realmente está acontecendo nos países de conflito, como a Líbia.

Uma ação interativa de ótimo exemplo.

Aqui segue uma outra campanha, impactante, também veiculada pela Reporters Without Borders.

Deixe um comentário

Filed under Digital, Marketing

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s