Livros digitais no iPad

No último final de semana, a Apple vendeu mais de 300 mil iPads no seu lançamento nos EUA. Mais de 1 milhão de aplicativos e cerca de 250 mil livros digitais para o aparelho foram baixados da internet na estréia.

As pessoas ainda estão boquiabertas com este computador sem teclado. Porém, é importante mencionar que a Microsoft foi a primeira empresa a revelar esta tecnologia em 2000, na Comdex ( feira internacional de tecnologia). Contudo, naquela época, o computador não chamou atenção, nem em 2001 quando Bill Gates apresentou novamente ao mundo.

O que tem de diferente entre 2000 e 2010? Muitas coisas, mas a filosofia da Apple é triunfal. Segundo Jobs, Apple nunca promove focus group, não questiona pessoas o que eles querem, apenas eles MOSTRAM aos consumidores o que eles irão querer. Foi assim com o iPod, pois o mp3 já existia.

O vídeo abaixo mostra o que a Pingüim (editora de livros) está projetando com a vinda do iPad.

São interessantes as dinâmicas possíveis, porém fez’me pensar sobre as crianças colorindo o livro digital sem lápis real para concentrar nos contornos, bordas, etc

Apesar de tech migrant, ainda sou adepta ao livros pesados, com páginas para rabiscar, anotar, dobrar. E, vocês?

Deixe um comentário

Filed under Digital

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s