Ações in-store e de rua

Antes de sair de férias, resolvi postar umas ações bem bacanas que vi na Europa

O primeiro display e’ em Londres, na Tate Modern (museu de arte moderna). Aqui, a maioria dos museus são patrocinados por coloboradores públicos e privados, tornando a entrada gratuita. Contudo, os museus também têm como fonte de renda venda de livros, esculturas. pinturas nas sua lojinhas, e aluguel de espaço para exposições e festas privadas. Além disso, eles pedem doações para seus visitantes (apenas moedas). Em geral, são boxes sem graça na localizados na saída.

Porém, a Tate desenvolveu um display para incentivar a doação interativa. Eles criaram uma parede de PVC que parece um jogo. A moeda vai fazendo vários percursos até chegar ao ‘montinho’. Não tenho acesso as dados, mas com certeza esta brincadeira está rendendo mais doações pela simples interatividade criada.

Outro display interessante foi do esmalte Rimmel (marca Inglesa) para referenciar o novo produto com secagem super rápida. O display foi colocado perto de farmácias – ponto de venda do producto.

O terceiro exemplo e’ direto de Roma (Italia) na loja da adidas. Num recente livro que li, o autor frizou muito lições de compras depois de monitorar várias lojas e como consumidores (homens, mulheres e crianças) se comportam quando shopping. Um das sugestões que me marcou foi o ato de compra de casais. Geralmente, homens ficam na parte de fora das lojas esperando as moças olharem, bisbilhotarem os produtos ate’ irem ao caixa. A maioria das lojas AINDA não disponibiliza lounges para os acompanhantes ficarem esperando suas respectivas.

Mas, a adidas não so’ criou um espaço com cadeiras confortáves, mas também disponibilizou livros, revitas e uma camera fotográfica encorporada na parede com projeção para as crianças brincarem.

Pequenas minos como este podem ser revertidos em grandes vendas e ‘boca-a-boca’ positivo da marca.

Outra gigante do mundo esportivo também supreendeu. A Nike recentemente lançou par de tênis do Alex Kennedy (atleta BMX), e assim adaptou a loja com paineis 3D. Para visualizar as acrobacias de Alex, os consumidores ao entrarem na loja são convidados a usar oculos 3D e passearem pela loja tento uma experiencia total inovadora.

Por último, a nada-convensional Diesel esá com a campanha ‘Be Supid’, que reverencia o cool como sendo estupido. Numa das atividades da campanha, eles estão distrubuindo pocket books com coisas cools, ops, supid para fazer, Na vitrine da loja em Roma, eles desenvolveram painel que possibilita colocar estes pockets para distribuição, acumulando consumidores na sua loja.

Deixe um comentário

Filed under Shopping

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s